Pastor quer curar ebola com orações e “água ungida”

O pastor e profeta nigeriano, T.B. Joshua, da Igreja Sinagoga de Todas as Nações, envolveu-se em uma polêmica meses atrás, quando divulgou um vídeo de julho do ano passado em que ele profetizava sobre o desaparecimento de um avião na Ásia. Quando aconteceu a queda do voo MH370 da Malaysian Airlines,ele afirmou que Deus revelou-lhe que havia um propósito divino no desaparecimento da aeronave. Embora ele não explique qual seria esse propósito, o vídeo fez sucesso nainternet.
Anos atrás, ele ficou conhecido em seu país por vender garrafas de “água ungida”, que teriam o poder de curar a AIDS, câncer e dar filhos a mulheres estéreis. Muitos vídeos na internet mostram fiéis nos cultos da igreja relatando terem sido curados de males como artrite, asma e esquizofrenia. Além da água, eles receberam orações do pastor. A revista Forbes afirma que ele é o terceiro pastor mais rico da Nigéria, com uma fortuna pessoal avaliada em US$ 15 milhões de dólares.
Com a epidemia de Ebola piorando na África e alguns casos registrados na Nigéria, o pastor Joshua (51) tomou uma decisão que foi elogiada por muitos, mas que também gerou críticas. Ele doou cerca de 50 mil dólares para vítimas do vírus em Serra Leoa e na Libéria, países mais atingidos pelo Ebola.
Além disso, enviou 4.000 garrafas de água ungida pelo seu ministério. Em um comunicado oficial, esclareceu ser preciso que a pessoa tenha fé. Embora acredite que Cristo vai dar “atenção especial” àqueles que beberem a água ungida, ressaltou que para ser curado é preciso que o doente ore e acredite que Deus irá agir em seu favor.
Durante um de seus programas de TV, Joshua disse: “Não é a água ungida que cura os doentes, mas o próprio Jesus Cristo. Deve haver fé, tanto na pessoa que ora quanto na pessoa que recebe a oração. Essa oração deve ser acompanhada de uma fé viva. É isso que traz a cura, a água é apenas um símbolo”.
A água foi enviada para as vítimas em um jato particular e encaminhada para os Centros de Controle e Prevenção de Doenças que administram diariamente centenas de doentes com o Ebola. Até agora não foi divulgado se as garrafas serão repassadas aos que contraíram o Ebola.
No início do mês, a OMS (Organização Mundial da Saúde) publicou um comunicado declarando o Ebola “uma emergência de saúde pública de alcance mundial”.  Alguns líderes cristãos dos Estados Unidos chegaram a dizer que uma pandemia do Ebola “poderia ser um instrumento de Deus para destruir todos que ele considera imorais”. Com informações de All Christian News.
Informações: Gospel Prime

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]