Terremoto atinge Chile provocando alerta de tsunami e tremor é sentido no Brasil


Um forte terremoto ocorreu na noite desta quarta-feira ao norte de Santiago, perto da região de Coquimbo, no Chile.

Não houve relato imediato sobre feridos, danos à infraestrutura ou interrupções em serviços básicos, segundo o Escritório Nacional de Emergência do Chile. No entanto, por volta das 21h20, o jornal "El Mercurio" informava que o prefeito da cidade de Illapel afirmou que uma pessoa havia morrido e havia vários feridos.

A magnitude preliminar do tremor é 8,3, segundo o serviço geológico dos Estados Unidos (USGS). Um alerta de tsunami foi emitido pelas autoridades para toda a região costeira. As autoridades locais determinaram a evacuação das áreas litorâneas, enquanto imagens de televisão mostravam sirenes de alerta ativadas.




O Peru, país vizinho, também emitiu alerta de tsunami. O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico (PTWC) afirma que ondas de até 3 metros podem chegar até a costa da Polinésia Francesa.

Por volta das 21h50 as ondas desencadeadas pelo forte terremoto começam a atingir a costa do Chile, segundo a agência Reuters. Não estava clara a intensidade exata das ondas e até o momento não há relatos de danos provocados por elas

O tremor inicial foi às 19h54 (hora local, mesma de Brasília) e houve pelo menos três réplicas. A polícia chilena alertou a população a manter a calma diante de novos possíveis abalos.

Os Bombeiros de São Paulo informaram que o tremor foi sentido até na capital paulista -- muitas pessoas ligaram para o número de emergência reportando o tremor. Diversas províncias argentinas também sentiram o terremoto.


Com informações: G1

Wilson Ferreira

Técnico em SEO, liberal apartidário, autodidata em história, fascinado por mistérios, fundador e escritor. Nosso blog é focado em teorias da conspiração, porém você encontrará muitos artigos sobre política, história, sociedade, religião, misticismo, ocultismo e tudo que desperte um certo mistério.
    Comentar pelo Blog
    Comentar pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário