América Latina será alvo dos terroristas Sauditas?


O secretário geral do Hezbollah, Seyed Hasan Nasrolá, adverte sobre o perigo do "wahabismo" e o terrorismo saudita que busca estender-se aos países latino-americanos.

"O perigo e a ameça para nossa religião, o wahabismo que se esforça para estender sua influência no mundo inteiro, inclusive no Chile", alertou o líder do Movimento de Resistência Islãmica do Líbano (Hezbollah), citado nesta quarta-feira pelo jornal libanês Al-Akhbar.

Ele também criticou duramente contra as políticas de Riad, o qual acusou de estar tentando dar um golpe "ao eixo da Resistência" e ao bloco de países que o apoiam; ou seja "Irã, Rússia e Venezuela", entre outros.


Seyed Hasan Nasrolá

Estariam planejando um ataque de falsa bandeira na Olimpíada de 2016?

Para Nasrolá, Al Saud é responsável por qualquer derramamento de sangue no Oriente Médio. "O papel que ele desempenhou no Estado Saudita desde sua fundação (em 1932) foi cuidar dos interesses dos EUA e Israel na região", disse ele.

O principal responsável da Resistência libanesa reafirmou que a "luta contra o inimigo sionista é uma realidade", o qual disse estar "consciente e sempre preparado".

"A Al-Qaeda, Estado Islâmico e a Frente Al-Nusra (ramificação síria da Al-Qaeda) estão a serviço dos sionistas, cujos interesses se fortalecem com a derrubada do sistema (político) na Síria", declarou.

Ele se referiu de forma igual ao recentes incidentes e as altas tensões vivenciados nos territórios ocupados palestinos, prevendo que a "Cisjordânia está às vésperas de uma terceira Intifada (rebelião).

Referindo-se à recente tragédia ocorrida recentemente na peregrinação religiosa Hajj em Mina, fora da cidade saudita Meca, declarou as autoridades sauditas como a principal autora do massacre de fiéis.

"Se não fossem os gritos de crítica lançados pelo Irã, os sauditas encobriram o ocorrido em Mina, eles enterrariam as vítimas e prenderiam aqueles que quisessem", destacou.

Na semana passada, o vice-ministro da Saúde da Arábia Saudita, Hamad bin Mohamad al-Zeweile, confirmou que o número de peregrinos mortos no tumulto registrado em 24 de setembro, subiu para 4173, embora a mesma entidade tenha desmentido poucas horas após sua própria notícia, cometendo flagrante contradição.

Com informações: http://www.anovaordemmundial.com

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas


Você já ouviu falar nos senhores do mundo? Conhecidos como ILLUMINATI? Ou em diversas sociedades secretas? (Maçonaria, Skul and Bones, Ordem RosaCruz, Ordo Templi Orientis, Illuminati, Thule, Mão Negra, Bilderberg)...
Já ouviu falar sobre a NOVA ORDEM MUNDIAL? Você pensa que esse assunto é apenas mais uma teoria da conspiração? Desligue sua TV! ABRA SEUS OLHOS!!!

Coloque seu e-mail para receber atualizações:

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]