NASA mostra 5 asteroides com risco de colisão em 2017

NASA mostra 5 asteroides com risco de colisão em 2017
Ron Baalke, astrônomo da Nasa, resolveu anunciar, através da sua conta de “Twitter”, que existem pelo menos cinco asteroides que passarão próximo à Terra em 2017 e que podem representar uma verdadeira ameaça à existência da humanidade.

Tal como garante o site “Notícias ao Minuto”, a primeira dessas ameaças vai acontecer já no dia 23 de julho, onde um asteroide, chamado “2017 BS5”, passará a 1.211.734 quilômetros de distância do nosso planeta, uma distância muito curta para as dimensões espaciais. Mas será que a humanidade está pronta para a possibilidade da NASA conseguir detetar uma colisão iminente de um asteroide contra a superfície da Terra?

A verdade é que a resposta é negativa, apesar de todos os avanços tecnológicos e dos grandes investimentos fornecidos à NASA, por parte do governo americano.

Caso um asteroide, de grande dimensões, entrar na rota de colisão contra o nosso mundo, o mais provável é que ele pudesse provocar grandes estragos à vida terrena como conhecemos, colocando naturalmente a humanidade em risco.

NASA mostra 5 asteroides com risco de colisão em 2017
De forma inesperada, Ron Baalke decidiu anunciar algumas datas próximas, todas elas em 2017 e 2018, de asteroides que, apesar de não estar previsto que possam colidir na Terra, estão passando muito perto. Após o primeiro em julho, o astrônomo garante que um em outubro é bastante preocupante visto que, em comparação com o primeiro, vai passar duas vezes mais próximo, a cerca de 57.659 quilômetros, tendo dimensões gigantescas de 12 a 27 metros de diâmetro. Os três outros asteroides passarão pelo nosso planeta a 3 de dezembro de 2017, 24 de fevereiro e 2 de abril de 2018, respectivamente, não se sabendo ainda mais informações sobre eles.

Lembrando que, e como garante o site “Noticias ao Minuto”, esses são apenas asteroides que foram alegadamente identificados pelos cientistas da NASA, pelo que podem existir outros, provavelmente de menores dimensões, que não foram detetados e, em um futuro muito próximo, podem colidir de forma violenta contra o nosso planeta.

Nas redes sociais, muitos internautas, além de revelarem bastante preocupação pela possibilidade de uma colisão de um asteroide, garantem que é urgente os cientistas da NASA conseguirem arranjar uma solução eficaz e prática para que, quando for detectado um asteroide em direção à Terra, ele possa ser imediatamente desviado para fora da trajetória, ou então, conseguirem que ele possa ser destruído com bastante eficácia.

Fontes: 

Wilson Ferreira

Técnico em SEO, liberal apartidário, autodidata em História, fascinado por mistérios, fundador e escritor. Nosso blog é focado em teorias da conspiração, porém você encontrará muitos artigos sobre política, história, sociedade, religião, misticismo, ocultismo e tudo que desperte um certo mistério.
    Comentar pelo Blog
    Comentar pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário