O que é Nova Ordem Mundial (NOM)



A Nova Ordem Mundial (NOM) é uma Teoria Conspiratória, na qual um grupo poderoso e secreto está planejando dominar o mundo através de um governo mundial único. A Nova Ordem Mundial seria um plano com o objetivo de derrubar governos e reinos do mundo, bem como erradicar em todo o mundo todas as religiões e crenças, para unificar a humanidade sob uma “nova ordem”, que seria baseada em uma ideologia extremamente uniforme, uma moeda única e uma religião universal. Eles querem manipular tudo e todos.

Nesta teoria, ocorrências significativas são ditas que são causadas por um grupo extremamente poderoso e secreto ou vários de grupos interligados. Acontecimentos históricos e atuais são vistos como passos de um curso planejado para governar o mundo principalmente através de uma combinação de políticas financeiras,corrupção política, engenharia social, controle mental, e o medo à base da propaganda (cultura do medo).

Uma das variantes da moderna teoria conspiratória da Nova Ordem Mundial seria um plano concebido por Adam Weishaupt, fundador dos Illuminati, que segundo os teóricos ainda existe e continua a perseguir a implementação desta nova ordem. O chamado "processo de globalização" iniciado em finais do século XX a nível mundial, seria uma das muitas facetas do estabelecimento progressivo dessa nova ordem.

A teoria de Conspiração da Nova Ordem Mundial pode ser apresentada por qualquer pessoa ou grupo de pessoas que temem a perda da sua liberdade ideológica e liberdades religiosas, sejam eles da extrema-direita ou de extrema-esquerda, bem como por cristãos fundamentalistas, grupos de conservadores e liberais. Essa Teoria conspiratória do final do século XX e início do século XXI permitiu a fusão de muitas idéias paranóicas sobre a natureza da conspiração da Nova Ordem Mundial e da identidade dos seus conspiradores que, no passado, poderia ter sido pensado para ser mutuamente exclusivas.


História do termo 


A Nova Ordem Mundial é, na verdade, uma Organização Não-Governamental (ONG), fundada nos Estados Unidos da América no dia 27 de janeiro de 1939, pelo então filósofo dirigente (também conhecido como "Mestre") Adam Scott Phillips. A Ordem foi criada para reunir os autodenominados "homens da Terra", que buscariam as possíveis soluções para problemas sócio-universais, como a fome, o desemprego e a concentração de renda (representada pela pirâmide).

Com o objetivo de ganhar poder às custas dos mais respeitados membros da Ordem, o iniciante (primeiro grau na hierarquia da Ordem) Joseph Steven Arrison teria feito um grande trabalho de desinformção dentro da ONG, por meio do roubo de senhas e informações sigilosas e, possivelmente, espionagens à reuniões da "Alta Cúpula da Ordem", o que gerou uma enorme difusão de paranoia entre a população americana e, posteriormente, entre a população mundial. Segundo especialistas, Arrison contou com a ajuda de membros mais influentes, mas seus nomes nunca chegaram a ser informados.

Em 1968, Arrison teria escrito um livro, extremamente desconhecido mundialmente e sem tradução para o português, de título original "What They Really Don't Want You To Read" (O Que Eles Não Querem Que Você Leia Jamais), em que revelaria abertamente os segredos e métodos da Ordem. O livro foi censurado no mesmo ano pelo presidente da época, Lyndon B. Johnson, sendo todas as suas cópias desaparecidas meses depois. Atualmente, ainda acredita-se que a Nova Ordem Mundial seja uma poderosa conspiração que busca implantar um governo mundial e autoritário, uma única moeda e uma única religião no mundo todo.

Illuminati: De Inimigos da Igreja a Conspiradores Mundiais 


Os Illuminati foram uma sociedade secreta fundada na Baviera em 1776 por Adam Weishaupt, professor universitário. Seu objetivo era disseminar as doutrinas do Iluminismo do século XVIII de igualdade humana e racionalidade, e atraiu um grupo de seguidores considerável, até que foi suprimido pelas autoridades Bávaras em 1785 por supostamente tramar a derrubar a monarquia e religiões de muitos países europeus.

Porém, de acordo com os opositores da Revolução Francesa, entre eles o padre Augustin Barruel, os Illuminati não tinham deixado de existir em 1785 mas tinham ido simplesmente para a clandestinidade. Os líderes da Revolução Francesa eram Maçons e Illuminati, ou os agentes deles e seguidores, levando a cabo um plano secreto para subverter as monarquias de Europa e a religião Cristã.

Na metade do século XIX os judeus estavam em vários países começando a ser vistos como o inimigo principal pelas forças de reação e clericalismo baseadas no campo.

Este anti-semitismo combinou as idéias medievais do judeu como aliado de Satanás com a idéia da malvada sociedade secreta que manipula eventos políticos, os Maçons seriam simplesmente ferramentas dos judeus.

Foi na Rússia Czarista que o anti-semitismo moderno alcançou sua forma definitiva. O fracasso da revolta de 1905 foi seguido por pogrons oficialmente encorajados e

propaganda anti-semítica, notavelmente um documento intitulado Os Protocolos dos Sábios de Sião. De acordo com seu editor Sergei Nilus, um proprietário de terras que se tornou um maníaco religioso depois de perder sua fortuna, este livro consistia nas minutas secretas de uma reunião de líderes judeus para planejar a dominação mundial.

O plano envolvia o encorajamento do vício e ateísmo para despolarizar a Europa e o uso de movimentos revolucionários e manipulação financeira para provocar o colapso final de governos nacionais e a substituição deles por um império mundial judeu. Este trabalho, em realidade uma falsificação elaborada pela polícia secreta russa, foi tomado seriamente pelo próprio Czar e logo se tornou um texto preferido da extrema-direita russa.

Na Alemanha a publicação deles deu um impulso considerável ao embrionário partido Nazista. Uma vez que os nazistas culparam o colapso da Alemanha na Primeira Guerra Mundial como uma conspiração de judeus, Maçons e Jesuítas. Os resultados do anti-semitismo na Alemanha significaram que os tipos de idéias tratadas neste artigo acabaram se tornando reservados em grande parte a grupos abertamente nazistas.

Porém os últimos anos parecem ter visto um revival de teorias de conspiração. Uma fonte disto parece ter sido o conflito entre os tradicionalistas e liberais na igreja católica romana. Os oponentes da reforma na igreja têm em alguns países como a França disseminado propaganda antimaçônica e anti-semítica do tipo do século XIX, e alegam que os Maçons dominaram a Igreja.

Porém a fonte principal de teorias de conspiração modernas é os EUA. Contudo, os Illuminati passam a posteridade com a reputação de terem constituído uma poderosa sociedade anticristã, de essência quase satânica como Barruel sustentava. Foi essa imagem que Dan Brown, em seu romance Anjos e Demônios, habilmente retomou e explorou: seus Illuminati praticavam o racionalismo, culto do segredo, subversão, ódio a Roma e culto a Lúcifer. Para o autor, os Illuminati teriam se infiltrado na Maçonaria, e sem abandonar seu projeto político subversivo, teriam então “utilizado a rede planetária dos maçons para estender sua influência (…) e financiar seu grande objetivo: a formação de uma Nova Ordem Mundial secular baseada na razão científica”.Os Illuminati constituiriam uma sociedade secreta política que tramava na sombra um complô mundial.

Brown afirma que a jovem democracia americana foi eleita terra dos Illuminati. Argumentando com o fato verídico de que George Washington e Benjamin Franklin, pais da nação, eram maçons, dá a entender que poderiam pertencer à confraria secreta. E como prova: a cédula de um dólar conteria muitos de seus símbolos, em particular o Olho que tudo vê e a pirâmide inacabada que mostram a influência da Maçonaria na fundação dos Estados Unidos. Isto recentemente foi dramatizado no filme A Lenda do Tesouro Perdido da Disney.

É necessário, contudo, render-se à evidência: as idéias de Weishaupt quase não tiveram eco nos EUA, especialmente depois do fracasso de sua organização. Quanto aos supostos símbolos “maçônico-iluminados”, devem ser postos no contexto da época: no século XVIII, a moda é a egitomania e não é raro ver evocado, aqui e acolá, os tempos das pirâmides. Quanto ao triângulo, antes de constituir um símbolo maçônico, designa, desde a época barroca, não a razão, mas… Deus.

Alegados sinais de uma conspiração 


Proponentes da teoria oferecem diversas observações que eles consideram como sendo de apoio à teoria:

Teóricos da conspiração afirmam que existem símbolos judaico-maçônicos no Grande Selo dos EUA.

O 'Olho da Providência' flutuando acima de uma pirâmide inacabada no verso do Grande Selo dos Estados Unidos. 


Influência dos Illuminati?

Eles apontam para diversos sinais e símbolos maçônicos que se encontram embutidos nos murais no Aeroporto Internacional de Denver ou esculpidos em edifícios públicos (particularmente em Washington DC) ; símbolos supostamente dos Illuminati incorporados no Grande Selo dos Estados Unidos da América com as palavras “Novus Ordo Seclorum” que em latim significa "nova ordem dos séculos”, ou que foi impresso na nota de um dólar a partir de 1935 pelo secretário do Tesouro dos EUA, Henry Morgenthau (filho), sob demanda do então Secretário de Agricultura e futuro Vice-Presidente dos Estados Unidos, Henry A. Wallace, sob a influência de Nicholas Roerich. Alguns vêem pentagramas e outras formas supostamente ocultas concebidas no planejamentos de cidades.

Alegam que os sinais e os símbolos têm sido encontrados no Vaticano, em igrejas católicas e protestantes, templos Mórmons da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sobre a roupa de vários clérigos. Os Cavaleiros de Colombo e da Ordem Soberana e Militar de Malta, como na Maçonaria, utilizam muitos desses rituais e símbolos complexos.

Os defensores desta teoria afirmam que algumas pessoas fazem parte da conspiração. A maioria das famílias proeminentes, tais como os Rothschild, os Rockefeller, a família Bush, os Morgan, os Warburg e os Du Pont, monarcas europeus e da família real saudita, o Vaticano e os sionistas estão alegadamente entre os importantes membros. Alguns modernos papas e membros hierarquia da Igreja Católica Romana são também citados e estariam a desempenhar um papel e têm utilizado a expressão Nova Ordem Mundial, em seus discursos: João XXIII, Paulo VI, João Paulo I, João Paulo II, e Bento XVI.

Os defensores desta teoria afirmam que muitas organizações internacionais como o Banco Mundial, o FMI, a União Européia, as Nações Unidas e a OTAN são fundamentais para as organizações da NOM. Presidentes e primeiros-ministros de nações também estão incluídos na teoria. Uma versão alternativa da teoria da Nova Ordem Mundial afirma que essas famílias e as pessoas estão todas relacionadas à mesma linhagem sangue.

Seguidores da teoria da NOM incluem os seguintes grupos suspeitos, de tentar criar uma nova ordem mundial, estes grupos são vistos como parte da frente organizações: Comissão Trilateral, Conferência Bilderberg, Council on Foreign Relations, Clube de Roma, Nações Unidas, Projeto para o Novo Século Americano, Federal Reserve Bank, Maçonaria, Igreja Católica Romana, G8, Caveira e Ossos, Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Ordem de Malta, CIA.

O Olho da Providência (Olho que tudo vê) suposto símbolo dos Illuminati na nota de um dólar.

Cronograma 


Há vários eventos que são considerados fundamentais para o estabelecimento da Nova Ordem Mundial:

• Em 1776, na Baviera os Illuminati foi fundado (1 de Maio de 1776), em Ingolstadt (Alta Baviera) pelo jesuíta Adam Weishaupt (1748-1830), que foi o primeiro professor de estabelecer Direito Canônico na Universidade de Ingolstadt.

• Em 1832, Caveira e Ossos foi fundado na Universidade de Yale.

• Em 1903, a Os Protocolos dos Sábios de Sião foram publicados na Rússia.

• Em 1913, o Ato de Reserva Federal (Federal Reserve Act) foi aprovado, criando o Sistema de Reserva Federal (Federal Reserve System).

• Em 1921, o Council on Foreign Relations foi fundado em Nova York.

• Em 1935, o reverso do Grande Selo dos Estados Unidos da América com o Olho da Providência acima da pirâmide apareceu pela primeira vez na parte de trás da nota um dólar dos EUA.

• Em 1944, o Acordo de Bretton Woods foi assinado, delineando um regime para a economia mundial para o pós-II Guerra Mundial

• Em 1945, as Nações Unidas (ONU) foi criada.

• Em 1954, o Grupo Bilderberg foi fundado.

• Em 1957, a Comunidade Econômica Européia (Mercado Comum Europeu), foi formado, que em 1992 mudou seu nome para a União Européia. Atualmente, a UE tem 27 membros, 15 dos quais utilizam uma moeda comum, o euro.

• Em 1963, a Comissão do Codex Alimentarius foi criada pela Organização para Agricultura e Alimentação e a Organização Mundial de Saúde, mais tarde passa a ser apoiada pela Organização Mundial do Comércio.

• Em 1973, David Rockefeller e Zbigniew Brzezinski, organizaram a Comissão Trilateral. O Clube de Roma publicou um relatório intitulado "regionalizado e Adaptativo para o Modelo de Sistema Global ", que propõe que o mundo é dividido em dez regiões.

• Em 1945, as Nações Unidas criaram a Organização Internacional do Comércio (ITO- International Trade Organization). Em outubro de 1947 um acordo foi alcançado pelo Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio (GATT). O grupo foi renomeado a Organização Mundial do Comércio (OMC) em 1995.

• Em 2001, as torres do World Trade Center e o Pentágono foram atacados por terroristas da al-Qaeda, matando milhares de pessoas. Muitos teóricos de conspiração do 11 de setembro acreditam que eles foram realizados ou apoiados pelo governo dos EUA. Os ataques têm sido relacionados às idéias sobre a Nova Ordem Mundial, por vezes, apresentados como operações psicológicas para assustar os Americanos em ceder as suas liberdades civis para uma autoridade de "segurança interna" que acabará por sua vez no controle dos Estados Unidos ao longo de um "governo mundial.

• Em 2001, o U.S.A. Patriot Act (ato patriótico dos EUA) foi assinado por George W. Bush, o que amplia a autoridade dos EUA na aplicação da lei para o objetivo declarado de combater o terrorismo nos Estados Unidos e no estrangeiro.

• Em 2002, a FDA aprovou a fabricação do implante do microchip (humano) VeriChip. Isso despertou o medo que alguns governos totalitários no futuro possam aplicar a implantação desses chips e, assim, ser uma forma da marca da Besta mencionada no livro do Apocalipse. (Apocalipse 13:16-13:17)

• Em 2004, o Força Tarefa Independente sobre a América do Norte, um projeto organizado pelo Conselho de Relações Exteriores propõe a criação, até 2010, de uma comunidade norte-americana econômica e de segurança, geralmente referido como o União Norte Americana. Foi proposto por Robert Pastor, um vice-presidente da Força Tarefa, que a União norte-americana teria uma moeda comum, o amero.

• Em 2007, o presidente dos EUA George W. Bush assinou a lei em vigor a Diretiva Presidencial Segurança Nacional e Segurança Interna que concede-lhe (ao presidente) amplos poderes durante um tempo de "emergência nacional". Esta diretiva concede poderes sem precedentes ao Comandante-em-Chefe das Forças Armadas dos EUA (o presidente), sem qualquer tipo de controles e equilíbrios imperiosos do Congresso dos Estados Unidos


Ideologias


Há um número de diferentes ideologias relacionadas com esta crença:

Teoria da Nova Ordem Mundial Benevolente


H.G. Wells aconselhou em 1940 no seu trabalho A Nova Ordem Mundial, que "… quando a luta parece estar à deriva definitivamente para um mundo da social-democracia, não pode ainda ser muito grandes os atrasos e decepções antes de se tornar um eficiente e beneficente um sistema mundial. Inúmeros… as pessoas vão odiar a nova ordem mundial vai morrer … e protestar contra ele.

Quando se tenta avaliar a sua promessa, não [deve] ter em mente o perigo de uma geração ou mais de malcontentes, muitos deles de pessoas de aparência bastante animosas e graciosas. Ele uniu o esforço de organizar proeminentes intelectuais por trás da idéia de estabelecer um governo mundial, nos seus escritos, que seria de esperar para ter um papel instrumental, na " Conspiração Aberta " (benevolente), seu livro publicado sob esse nome, em 1928.

Teorias conspiratórias não necessariamente negam que existe um movimento bem-intencionados de cidadãos globais que apóia o estabelecimento de um sistema mundial federal para reforçar e democratizar as instituições globais, com a sessão poder constitucional responsável perante os cidadãos do mundo e uma divisão da autoridade internacional entre distintas agências mundiais. No entanto, eles acreditam que este movimento tenha ou venha a ser cooptados pelos comunistas ou pela conspiração dos fascistas para criar uma nova ordem mundial totalitária.




Descubra, debata, prepare-se ! Verdade Estampada - Nova Ordem Mundial.
"Porque não há nada oculto que não venha a ser revelado, e nada escondido que não venha a ser conhecido e trazido à luz."

Últimas


Você já ouviu falar nos senhores do mundo? Conhecidos como ILLUMINATI? Ou em diversas sociedades secretas? (Maçonaria, Skul and Bones, Ordem RosaCruz, Ordo Templi Orientis, Illuminati, Thule, Mão Negra, Bilderberg)...
Já ouviu falar sobre a NOVA ORDEM MUNDIAL? Você pensa que esse assunto é apenas mais uma teoria da conspiração? Desligue sua TV! ABRA SEUS OLHOS!!!

Coloque seu e-mail para receber atualizações:

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]