Verdade Estampada

sábado, agosto 02, 2014

Navio foi encontrado soterrado abaixo das antigas Torres Gêmeas

Um novo relatório revelou as origens do incrível navio de 9,75m de comprimento encontrado por trabalhadores que faziam a gigantesca reconstrução no local onde estava o World Trade Center. Os restos da embarcação foram encontrados a 6,7 metros abaixo do atual nível da rua, ao sul de onde estavam as Torres Gêmeas, em julho de 2010. Este verdadeiro esqueleto de madeira estava há muito escondido, em meio à lama e ao mau cheiro. Agora, de acordo com uma análise dos anéis das árvores de carvalho usadas para a construção do navio, os achados indicam que ele, provavelmente, é de 1773, ou pouco depois, proveniente de um pequeno estaleiro perto da Filadélfia.
Além do mais, o navio foi, talvez, feito a partir do mesmo tipo de árvores de carvalho branco usado ​​para erguer partes do Independence Hall, onde foi assinada a Declaração de Independência e a Constituição dos Estados Unidos, de acordo com um estudo publicado este mês na revista Tree-Ring Research. As análises das madeiras foram realizadas pelo Laboratório de Conservação Arqueológica de Maryland e pelo Laboratório Tree Ring do Observatório da Terra Lamont-Doherty da Universidade de Columbia, em Palisades, Nova York. A equipe estabeleceu que as árvores utilizadas para a construção do navio teriam mais de 100 anos de idade.
"Podemos ver que, naquela época, na Filadélfia, ainda havia uma grande quantidade de florestas antigas, e [elas estavam] sendo usadas para a construção naval e construção do Independence Hall", disse ao site Live Science o líder do novo estudo, Dario Martin-Benito, do Instituto Federal Suíço de Tecnologia (ETH) em Zurique. "A Filadélfia foi uma das mais - se não a mais - importantes cidade na construção naval dos EUA na época e eles tinham muita madeira, por isso faria muito sentido que essa madeira pudesse ser de lá." Os historiadores ainda não estão muito certos se o navio afundou acidentalmente ou se foi propositadamente submerso para se tornar parte de um aterro utilizado para aumentar a faixa do litoral de Lower Manhattan. Ostras encontrados fixas ao casco do navio sugerem que, pelo menos, a embarcação definhou na água durante algum tempo antes de ser enterrada por séculos por camadas de lixo e sujeira.
Assista ao vídeo da descoberta (em inglês)



Informações: www.seuhistory.com
PRÓXIMO ARTIGO PRÓXIMO ARTIGO
ARTIGO ANTERIOR ARTIGO ANTERIOR
PRÓXIMO ARTIGO PRÓXIMO ARTIGO
ARTIGO ANTERIOR ARTIGO ANTERIOR
 

Receba novas atualizações na sua caixa de entrada gratuitamente.