25/01/2016

Pandemia Mundial do Zika Vírus? EUA, Inglaterra e Espanha confirmam casos


Países dizem que infectados viajaram para países latino-americanos onde a doença se espalha com rapidez. Autoridades americanas estendem o alerta de viagem para que mulheres grávidas evitem destinos na América Latina.

As autoridades do estado de Nova York, nos EUA, afirmaram nesta sexta-feira (22/01) que três pessoas apresentaram resultado positivo para o vírus zika. Todos os infectados teriam viajado para países onde o vírus está se espalhando com rapidez - os destinos não foram especificados pelo departamento de saúde do estado.

De acordo com o comunicado emitido, uma pessoa está totalmente recuperada e os outros pacientes estão se recuperando sem complicações. De acordo com a pasta, os sintomas do vírus - incluindo febre alta, dor nas articulações, erupções cutâneas e olhos avermelhados - foram tipicamente leves e duraram até uma semana.

Há casos documentados nos EUA, mas apenas de viajantes que contraíram o vírus no exterior. "Não há praticamente nenhum risco de adquirir o vírus zika no Estado de Nova York neste momento", declarou Howard Zucker, comissário de saúde do Estado em um comunicado.

Nesta sexta-feira, as autoridades de saúde americanas estenderam, de 14 para 22 países, o alerta de viagem para que mulheres grávidas evitem destinos na América Latina e Caribe devido ao vírus zika, responsável pelo aumento de casos de microcefalia em bebês da região.

Já a Inglaterra afirmou que três pessoas foram diagnosticadas com o vírus. De acordo com o Departamento de Saúde Pública, todos voltaram de viagens realizadas a Colômbia, Suriname e Guiana Francesa.

Por sua vez, a Catalunha, uma região autônoma da Espanha, disse que duas mulheres de origem sul-americana foram diagnosticadas com o vírus no final de 2015, quando retornaram de viagem da América Latina.
PRÓXIMO ARTIGO PRÓXIMO ARTIGO
ARTIGO ANTERIOR ARTIGO ANTERIOR
PRÓXIMO ARTIGO PRÓXIMO ARTIGO
ARTIGO ANTERIOR ARTIGO ANTERIOR
 

AdBlock Detectado

Desative o AdBlock e recarregue a página para acessar o conteúdo.

Nossa única forma de sustento são os anúncios de extrema qualidade do Google, tente se por no nosso lugar.

Muito obrigado pela compreensão.

×