Verdade Estampada

terça-feira, março 21, 2017

Reptilianos e a linhagem genética que controla nosso planeta

Os Reptilianos, como o próprio nome diz, são humanoides com aspectos répteis muito mais evoluídos que nós. Segundo o estudioso no assunto John Rhodes, a origem desses seres é explicada por três teorias distintas, e provavelmente complementares. São elas: 

Extraterrestres (ET's): Seres de outro planeta ou sistema estelar que há milhares de anos vem passeando pelo o Universo à procura de planetas o qual possam extrair água, minérios e até escravos. Já há algum tempo a Terra é a "bola da vez".

Intraterrestres (IT's): Seres provenientes da Terra que evoluíram naturalmente e que residem em Cavernas intraterrenas, cidades subterrâneas, ou até bases subaquáticas. Provavelmente são seres evoluídos dos dinossauros que se esconderam debaixo da Terra após o grande meteoro que destruiu boa parte da vida na superfície terrestre. Dizem até que esta é uma teoria muito mais aceitável, pois existe uma corrente de pensamento que diz que seriam impossíveis viagens de extraterrestres pelo Universo. Pois mesmo que viajando na velocidade da luz, esses ETs demorariam milhares de anos para fazer esse passeio de uma galáxia para outra.

Intradimensionais (ID's): Entidades que existem no nosso mesmo espaço, mas em níveis vibracionais diferentes. Dizem que pertencemos a terceira dimensão vibracional, já os mortos e os tais reptilianos dessa teoria fariam parte da quarta dimensão. A terceira, a qual fazemos parte, é uma dimensão mais densa e física; já a quarta seria para nós, algo como “o mundo dos fantasmas”. Os reptilianos não querem que evoluamos para a quarta dimensão, e fazem de tudo para que fiquemos presos nessa “atual prisão” da nossa realidade. Talvez um dia eles viveram na terceira dimensão mas foram banidos para a quarta, e ainda têm certa obsessão pela nossa dimensão e ficam nos possuindo para poder experimentar novamente as sensações deste mundo.

Por todo o planeta você encontra as lendas e contos antigos de "deuses" de outro mundo que cruzaram com a humanidade para criar uma rede de descendentes híbridos. O Velho Testamento, por exemplo, fala sobre os "Filhos de Deus" que cruzaram com as filhas dos homens para criar a raça híbrida, chamada de Nefilim. As Tábuas de barro sumérias, achadas no local que nós chamamos agora de Iraque, na metade do século 19, falam de uma raça de "deuses" de outro mundo que trouxe conhecimento avançado para o planeta e cruzou com humanos para criar uma descendência de híbridos (Nephilins). Esses "deuses" são os Anunnakis (aqueles que do céu para a Terra vieram). Destes descendentes híbridos veio "o direito divino dos reis", a crença de que somente aqueles de "sangue azul" têm o direito de governar dado por Deus. Na verdade esse direito não é "divino", mas sim o direito de governar dado pelos "deuses" reptilianos por via de sua genética híbrida. Estes híbridos se tornaram depois, as famílias reais e aristocráticas da Europa e, graças ao "Grande" Império britânico e aos outros impérios europeus, eles foram exportados para as Américas, África, Austrália, Nova Zelândia, e diretamente para o Distante Oriente.

Segundo David icke, estas linhagens híbridas reptilianas-humanas posteriormente, se tornaram os governantes políticos e econômicos das terras ocupadas pelos impérios europeus e pessoas com este sangue continuam governando esses países ainda hoje. Os Estados Unidos da América, por exemplo, teria sido o lar de centenas de milhões de pessoas hibridas-reptilianas desde 1776. Dentre essas pessoas, estão as famílias Rothschilds e Rockefellers, há tanto tempo acusadas de serem as mandantes da “Illuminati” – que também é manipulada pelos Reptilianos. E Icke continua:


É por isso que as assim chamadas “Famílias do Estabelecimento Oriental” dos Estados Unidos cruzam entre si tão obsessivamente quanto as famílias reais e "nobres" europeias sempre fizeram. Assim como outras famílias similares ao redor do mundo, elas não fazem isso por serem esnobes, mas para manterem, da melhor forma que puderem, uma estrutura genética: a combinação do DNA réptil-mamífero, a qual permite que eles mudem de forma. Os presidentes, por exemplo, não são "El-ected" (eleitos) por votos, eles são "SEL-ected" (selecionados) por sangue.

Esta aparentemente bizarra e louca história é de fato verdade: O mundo realmente pode ser controlado por linhagens genéticas reptilianas que se escondem por atrás de uma forma aparentemente humana.
PRÓXIMO ARTIGO PRÓXIMO ARTIGO
ARTIGO ANTERIOR ARTIGO ANTERIOR
PRÓXIMO ARTIGO PRÓXIMO ARTIGO
ARTIGO ANTERIOR ARTIGO ANTERIOR
 

Receba novas atualizações na sua caixa de entrada gratuitamente.