7 de abril de 2017

Homens e Dinossauros Conviveram Juntos [PROVAS]

Homens e dinossauros conviveram juntos!
Eu adoro provocar os céticos e me divirto com as teorias estapafúrdias que os cientistas inventam para explicar o que eles não entendem. Imagine, esse desenho acima os cientistas disseram que se trata de uma pareidolia. As vezes as pessoas não compreendem minhas ironias, então explicando: eu fiz esse artigo com a intensão de ironizar os cientistas sobre o que eles acham ser pareidolia, sendo que não é pareidolia, mas uma expressão da realidade, nessa imagem o artista expressou um saurópode ou um dinossauro pescoçudo, e todos nós vemos que o artista quis expressar isso e não outra ideia, o artigo mostra imagens que não são pareidolias, mas os cientistas insistem que seja, nessa mesma imagem vemos a imagem de um homem que também não é pareidolia, porque existem informações deixadas pelos Incas nas pedras de Ica que não são pareidolias e sim artefatos manufaturados com a intenção de contar uma história. Se as pedras existem e podem ser vistas e comprovadas, todas essas imagens de pegadas de humanos com dinossauros terão que sair do porão! Não sei se os paleontólogos aceitarão essas informações contidas nas pedras de Ica, por que é muito difícil fazer datação de carbono 14 em pedras, então essa discussão deverá nunca ser nem discutida por autoridades no assunto, pela própria fragilidade da datação de carbono 14, que é por onde os cientistas avaliam as eras dos dinossauros, por esse fato pode ser que nunca sejam provadas verdadeiras, mas é possível saber que elas são verdadeiras vendo essa imagem:
Observe uma pedra de Ica dentro de uma tumba Inca, esteve ali por milênios e deve ter até dinossauros nela.

A pedra está intacta ao lado de uma descoberta ressente de uma múmia Inca.



O que é pareidolia? 

A pareidolia é um fenômeno psicológico que envolve um estímulo vago e aleatório, geralmente uma imagem ou som, sendo percebido como algo distinto e com significado. É comum ver imagens que parecem ter significado em nuvens, montanhas, solos rochosos, florestas, líquidos, janelas embaçadas e outros tantos objetos e lugares. Ela também acontece com sons, sendo comum em músicas tocadas ao contrário, como se dissessem algo. A palavra pareidolia vem do grego para, que é junto de ou ao lado de, e eidolon, imagem, figura ou forma. Pareidolia é um tipo de apofenia.
Em situações simples e ordinárias, este fenômeno fornece explicações para muitas ilusões criadas pelo cérebro, por exemplo, discos voadores, monstros, fantasmas, mensagens gravadas ao contrário em músicas entre outros. O fenômeno psíquico, diante de uma figura com dados aleatórios, pode variar segundo o ângulo do observador. Para uma criança, por exemplo, uma figura notada talvez possua formas que tragam à lembrança animais de estimação, personagens de desenhos animados ou qualquer outra coisa condizente com a faixa etária de compreensão sobre coisas. Para uma pessoa com uma faixa etária superior, a mesma figura assume formas diferentes conforme a capacidade criativa de associação de formas.

Veja algumas "pareidolias" rsrs

Então vou mostrar algumas "pareidolias" (ironizando):












A captura de um plesiossauro. Veja uma imagem dele abaixo.
Aqui a mesma imagem do dinossauro que os cientistas dizem ser pareidolia com uma outra imagem que também é pareidolia de um homem(rs). Olha eu tenho dó desses cientistas são tão manés que perdem o foco da realidade.
Você gostou das pareidolias. A ciência é tão incompetente, porque não consegue explicara algo é pareidolia. Gente usa um pouco do cérebro, da massa cerebral! É por isso que existem teorias da conspiração, porque os cientistas são muito burros!!

Porque o homem não consegue explicar?

Por causa das datações que estão erradas.

O que acontece as datações estão erradas em porque só podemos ter precisão em 70 mil anos, só que eu acho que até não podemos fazer nem a datação de 70 mil anos acho que podemos fazer com precisão datações de carbono 14 até 5.730 anos. Por que?

A datação é feita sobre a perda de átomos de carbono 14 a cada 5.730 anos, só que os cientistas não contam a radiação solar sobre o planeta. O que acontece é que a radiação solar aumenta a quantidade de carbono perdidos. por exemplo se a radiação foi muito alta na época da extinção a quantidade de carbono 14 irá aumentar empurrando a idade para um valor muito alto.

A radiação solar incide sobre o fóssil. Mas as medidas retiradas de um fóssil não pode ser medida diretamente porque o fóssil não é carne é pedra e pedra não tem carbono 14!

O que acontece é que a radiação solar e a radiação nuclear pode ter aumentado durante a época da extinção dos dinossauros.

A prova que eu estou certo é simples: os ossos do dinossauro Tiranossauro, tem uma grande quantidade de radiação, os paleontólogos tem que pintar os ossos dom chumbo. Não sabia, não é? Sabe por que? Porque os homens conviveram com os dinossauros. Na história não contada pela oligarquia científica eles encobertam várias coisas: gigantes, dragões e que o homem conviveu com os dinossauros.
Inclusive eles encobertam o dilúvio e alguns achados científicos sobre a Bíblia.

O medo seja pela própria ignorância do assunto e ser tratado como maluco pela comunidade científica, a partir da hora que 
você fala uma coisa dessas você é chutado. Se eu quisesse, eu colocaria minha hipótese para demonstrar que as datações de carbono 14 não são reais, não faço porque vai levar anos para convencer cérebros que funcionam pelo egoísmo!

Já pensou ter que mudar tudo que já foi explicado milhões de vezes? Mudar todos os livros de botânica e biologia? (rs) Melhor deixar quieto e acreditar no geocentrismo. Você ainda acha o homem evoluído? Que nada estamos vivendo a oligarquia científica, para você provar algo tem que provar com números. No cálculo t = [ ln (Nf/No) / (-0,693) ] x t1/2
Falta um fator que pode ser r= radiação solar ou cósmica, inclusive é possível determinar a radiação solar durante as eras da Terra apenas usando o cálculo inverso para saber quanto de radiação a Terra recebeu do Sol.

Uma amiga que é médium vidente como eu, viu em meditação homens vestidos com roupas bem parecidas com os antigos hebreus e sumérios, e estavam juntos com os dinossauros conhecidos como pescoçudos. herbívoros. Os saurópodes, viviam com os homens de forma pacífica e os homens era perseguidos pelos terópodes ou dinossauros carnívoros. Na verdade a luta entre o bem e o mal.

Os detalhes são impressionantes dos dinossauros inclusive anteriores as descobertas de muitos dessas espécies, até mesmo a pele e formas dos cascos de alguns herbívoros, antes mesmo da paleontologia moderna.
A verdade é que o homem não poderia sobreviver com os terópodes destruindo os seres humanos que viviam sempre escondidos, nessa época o homem era diferente do homem de hoje, eles usavam telepatia e viviam em comunidades. Os saurópodes fugiam dos terópodes como os humanos e trabalhavam eles. Alguns herbívoros eram usados como cavalos.
O mundo estava unido e apenas separado por uma pequena parte de oceano.
Pangea Inca: África a direita América do Sul no meio Ásia e Europa as esquerda.

É bem complicado escrever essas coisas porque muito de nossa história é mentira, mas nessa imagem feita pelos Incas representa a Pangeia!

Compare com a imagem acima feita pelos Incas é perfeita

Vou editar a imagem da Pangeia feita pelo homem moderno e mostrar que é muito parecida.

Observe essa imagem é realmente de deixar qualquer paleontólogo ou geocientista de queixo caído, os Incas tinham uma visão perfeita do que seria o continente Pangeia. perfeitamente colocados mostrando que eles sabiam muito antes dos humanos modernos. Observe os detalhes, somente um cientista saberia esse formação com detalhes impressionantes, essas pedras estavam enterradas por mais de 6 mil anos. Eu não acredito que a ciência humana pode ser tão lenta em não acreditar nessas evidências.
Existem evidências irrefutáveis que os paleontólogos não compreendem e escondem de nós e chamam bizarrices ou anomalias geológicas. São trilhas de pegadas de humanos misturadas com pegadas de dinossauros e não tem explicações só o que resta aos paleontólogos é mentir e dizer que seja pareidolia, perceba como sempre eles vem com essa história de pareidolia, chega ser um insulto a inteligência das pessoas. Veja abaixo algumas imagens que não podem ser explicadas, porque estão empresas em pedras de "milhões de anos".(rs)




O homem tem esse problema e se chama "egoísmo"! Tudo que seja para mudar alguma ideia já criada e estudada. Na ciência existe uma ideia sobre hipóteses e mostra que quanto há anomalias em uma teoria ou hipótese é porque não é correta. Os homens conviveram com os dinossauros e foram extintos por um asteroide que caiu na Terra, isso também é contado nas pedras Icas.
Observe uma pedra de Ica dentro de uma tumba Inca, esteve ali por milênios e deve ter até dinossauros nela.

A primeira reação das pessoas é recusar as pedras de Ica, mas você pode ver onde elas foram encontradas em tumbas Incas, mas os museus e pesquisadores refutam por se tratar de algo complicado de explicar. Acredito que até jogam no lixo.(rs)
Os pesquisadores das pedras Icas deram sorte porque um homem foi colecionando essas pedras, Dr. Javier Cabrera foi colecionando e hoje seu arquivo é de mais de 2 mil peças.

No museu particular, há muita coisa todas perdidas porque uns paleontólogos incompetentes e bem egoístas acham que tudo não passa de falcatruas ou feitos na era moderna. É realmente uma situação ridícula, porque se for verdade perdemos a história enquanto poderiam nos dar mais história, mas até prefiro assim do que ter dado a um museu qualquer isso viraria peças de um jardim dos EUA. Está seguro lá, só espero que apareça alguém realmente interessado em preservar esses achados.

Acredito que essas pedras devem ter muito mais que 10 mil anos e foram feitas pelos antigos Incas em homenagem aos sobreviventes dessas batalhas com os dinossauros e isso foi antes do dilúvio ou depois, porque a queda do asteroide que matou os dinossauros afetou a todos. Isso está nas pedras Ica. O Dr Cabrera disse que muitos animais extintos estão expressos nas pedras e que comprova a autenticidade delas. Diziam os deuses sumérios em um livro canalizado, que os homens viviam muito bem entre os dinossauros até o surgimento dos terópodes carnívoros que agiam em bandos e atacavam qualquer um.


Asteroides destruíram os dinossauros?

Houve uma reunião entre os homens que era para a destruição dos dinossauros, e Marduk usou uma arma Anunnaki que atraía asteroides e puxou o asteroide, nessa época ele estava na Atlântida e já viu o desastre provocou a destruição da Atlântida de também da Lemúria. Muitos morreram e deram origem as civilizações modernas que conhecemos. 

O asteroide foi uma tentativa de destruir a Lemúria também, pois estavam em guerra na época e os dinossauros dominavam o planeta. mas acabou atingindo o que seria a costa de Yucatã ou as cidades Maias.

Os Maias ofereciam aos deuses sacrifícios nos locais dos chamadas Cenotes que são buracos da erosão da cratera de Chicxulub, os sacrifícios eram uma forma de acalmar a ira dos deuses, mas eu acho que tem a ver com o fato de que os Maias tinham medo dos dinossauros voltarem.


Postagem mais recente Postagem mais antiga


Redes Sociais

Facebook
Curta nossa página!
Google Plus
Siga a gente no Google Plus!
Twitter
Siga a gente no Twitter!
Pinterest
Acesse nosso canal!
 Autor

Assine a nossa newsletter

(Receba novas atualizações na sua caixa de entrada.)