11 de outubro de 2017

Che Guevara fuzilava gays e hoje é idolatrado por homossexuais

Che Guevara fuzilava gays e hoje é idolatrado por homossexuais

Che Guevara fuzilava gays e hoje é idolatrado por homossexuais:

Che Guevara, um canalha assassino, responsável por tirar a vida de centenas de inocentes, assassinou muitos gays no paredão. Além de tudo isso, ele se orgulhava e dizia para todo mundo ouvir.
Che Guevara fuzilava gays e hoje é idolatrado por homossexuais

Fuzilamos sim, e vamos continuar fuzilando:


Hoje a vergonhosa esquerda brasileira trata ele como herói, o próprio Jean Willys admitiu que sempre soube que Che Guevara fuzilava gays, porém ele gosta de ser um idiota útil.
Che Guevara fuzilava gays e hoje é idolatrado por homossexuais

Jean Wyllys sabia que Che Guevara era assassino de gays:


De acordo como esquerdismo do G1, Che Guevara foi uma das figuras mais emblemáticas e importantes da revolução cubana. No entanto, abandonou seus cargos políticos na ilha para poder avançar com outras revoluções: no Congo e na Bolívia. Até que, em 1967, foi capturado, preso e morto pelo Exército boliviano".
Che Guevara fuzilava gays e hoje é idolatrado por homossexuais

Documentário expondo a história do assassino de gays Che Guevara:


Mais do que sua crueldade, megalomania e estupidez épica, o que mais distinguia Ernesto “Che” Guevara de seus companheiros era sua manhosa covardia. Suas tietes podem ficar zangadas o quanto quiserem, bater a porta do quarto, cair na cama, espernear e chorar abraçadinhas com o travesseiro, mas o fato é que Che se entregou voluntariamente ao exército boliviano e a uma distância segura. Foi capturado em ótimas condições físicas e com sua arma completamente carregada. 

Com seus homens fazendo exatamente o que ele ordenou (lutando e morrendo até a última bala), um Che ligeiramente ferido evadiu-se do tiroteio e se entregou com um pente cheio de balas em sua pistola, enquanto choramingava manhosamente para seus capturadores: “Não atirem! Sou Che! Valho mais para vocês vivo do que morto!”.

O prazer que Che Guevara tinha em matar cubanos só era possível porque esses cubanos estavam completamente indefesos no momento. Amarrados e vendados, de preferência. E dessa forma eles eram alinhados de frente para o pelotão de fuzilamento e executados. Porém, quando o cenário se alterou e as armas de fogo estavam em posse de outros, o argentino tremeu de medo.


Che Guevara foi um covarde assassino. Lamentável.


Postagem mais recente Postagem mais antiga


Redes Sociais

Facebook
Curta nossa página!
Google Plus
Siga a gente no Google Plus!
Twitter
Siga a gente no Twitter!
Pinterest
Acesse nosso canal!
 Autor

Assine a nossa newsletter

(Receba novas atualizações na sua caixa de entrada.)