13 de outubro de 2017

Como ajudar o Bolsonaro a ganhar as eleições em 2018

Como ajudar o Bolsonaro a ganhar as eleições em 2018
1- Política é ajuntamento, não dispersão. O momento é de todo mundo deixar o ego e idiossincrasias de lado e saudar todo apoio que ele receba, seja imediato, seja potencial.

2- O aceno positivo do MBL é ABSURDAMENTE, ENORMEMENTE bem-vindo. Parem de bater nos meninos. Eles já acenaram com a bandeira branca, e isso, no momento, é pra lá de positivo.

3- Parem de divulgar pontos polêmicos do candidato e procure divulgar pontos de convergência com a maioria das aspirações do brasileiro médio, ou seja, desenvolvimento através da livre iniciativa, liberdade individual através da diminuição do Estado e tudo mais que passe uma mensagem congraçadora e não divisionista. Ele tem tudo isso no programa dele e apanha descaradamente por mentiras ao contrário divulgadas principalmente pela grande imprensa.

4- A fase dos oclinhos já passou, pelo menos a de divulgação de vídeos com as conhecidas mitadas. É hora de incrementar a imagem de homem sério e político honesto que ele é. Deixem os óculos para seus aparecimentos públicos, quando a assistência já é composta de convertidos.

5- Não ofendam todos que encontrarem demonstrando resistência a ele, antes, postem-se de forma cordata e procurem deixar uma janela aberta na discussão para que seu interlocutor possa mudar de opinião mais na frente.

6- Peçam ao mitokid Carlos para cessar os ataques à nova direita assim que tiverem a chance de pedir. Ele está atirando no que vê e acertando no que não vê. O momento é de atrair, não de repelir.

7- Façam de algum modo chegar no ouvido do candidato que não se deixe blindar por sua assessoria e os mais próximos. Toda expectativa de poder de um candidato gera um movimento muito prejudicial de tentativa daqueles que estão próximos de travar os acessos ao mesmo, com medo de terem que dividir os privilégios em caso de sucesso. Esse normalmente é um caminho direto ao fracasso.

8- Façam política e campanha com o coração e o cérebro, jamais com o fígado.

9- Perdoem, perdoem, perdoem, sejam tolerantes, política é ajuntamento, não divisão.

10- Façam ver aos que estão próximos a ele que reconheçam as suas limitações e não atrapalhem quem pode ajudar. Que sejam humildes e abram espaço a todos que somarem, ainda que esses tenham se aproximado por interesse.

A vitória está ali na esquina. Não deixe o carro derrapar nesse momento.


Veja também: Conheça alguns projetos de Jair Bolsonaro


Postagem mais recente Postagem mais antiga


Redes Sociais

Facebook
Curta nossa página!
Google Plus
Siga a gente no Google Plus!
Twitter
Siga a gente no Twitter!
Pinterest
Acesse nosso canal!
 Autor

Assine a nossa newsletter

(Receba novas atualizações na sua caixa de entrada.)