sexta-feira, janeiro 05, 2018

Revolução Cultural: Marxismo Cultural no Brasil

Revolução Cultural: Marxismo Cultural no Brasil
Revolução Cultural: Marxismo Cultural no Brasil
Solenes politizados, aqui quem escreve é Wilson Ferreira do Verdade Estampada, hoje vamos entrar na pauta do Marxismo Cultural.


Revolução Cultural

Em 1964 quando ocorreu a Intervenção Militar, as esquerdas entraram em crise e se recolheram para uma reorganização estratégica em prol da implantação do comunismo. As propostas cedidas foram em duas correntes, uma era em prol da revolução armada e a outra era a revolução cultural pelas ideias marxistas de Antonio Gramsci.

A ideia básica era uma destruição dos valores da sociedade ocidental. A partir daí a ação comunista começou a atuar em frontes que eram totalmente ignoradas, por exemplo, em escolas e em áreas com grande persuasão social. Gradativamente os comunistas foram ocupando todos os espaços, tanto que no tempo do governo militar a esquerda dominava toda a imprensa brasileira.


Marxismo Cultural no Brasil

Ou seja, o comunismo nunca quis o domínio através da luta armada, os comunistas queriam implantar a Revolução Cultural, aplicar o Marxismo Cultural em prol da desvalorização moral, inversão de valores, criando problemas, colocando o negro contra branco e o pobre contra rico, assim como ainda ocorre nos dias atuais através do PT, PSOL e outros partidos esquerdopatas.
Marxismo Cultural
Marxismo Cultural no Brasil
Toda essa luta de hétero contra gay, rico contra pobre, toda essa divisão social de minorias contra maiorias, tudo é apenas uma arma da esquerda brasileira, tudo é em prol de uma pauta ideológica com o foco no marxismo, esquematizando um futuro governo socialista ou comunista.


Alguns vídeos importantes

Vou deixar alguns vídeos para compreender melhor o assunto, além de dar um melhor aprofundamento na estratégia marxista.

Como destruir o Marxismo Cultural

Olavo de Carvalho: Marxismo Explicado

Ainda vivemos diante do Marxismo Cultural e devemos resistir, converse com seu filho, lute contra a doutrinação nas escolas, seja forte, resista.

PRÓXIMO ARTIGO PRÓXIMO ARTIGO
ARTIGO ANTERIOR ARTIGO ANTERIOR
PRÓXIMO ARTIGO PRÓXIMO ARTIGO
ARTIGO ANTERIOR ARTIGO ANTERIOR
 

Receba novas atualizações na sua caixa de entrada gratuitamente.